Paróquias da Diocese realizaram primeiro encontro do CPP em 2018

Para uma melhor organização das atividades pastorais, as Paróquias Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Tanhaçu, São João Batista de Dom Basílio e Senhor Bom Jesus de Barra da Estiva realizaram o primeiro encontro do Conselho de Pastoral Paroquial.

Em Dom Basílio, o CPP se reuniu no antigo clube social da cidade no dia 04/02. Os trabalhos foram iniciados por um momento de espiritualidade cuidadosamente preparado pelo Irmão Edmundo, tendo por referência o ano do laicato. Em seguida, o padre Rinaldo pontuou aspectos do trabalho paroquial que precisam ser melhorados e ajustados às exigências da Diocese, havendo interação por parte dos presentes: animadores das comunidades e coordenações das pastorais e movimentos eclesiais.

Ponto central do encontro, o estudo acerca da Quaresma e Tríduo Pascal, com explanação realizada pelo padre Rinaldo, seguida de trabalhos em grupo e partilha, suscitou a participação de todos, cada liderança procurando se inteirar de como celebrar bem esses tempos marcantes do ano litúrgico, ricos em detalhes celebrativos, marcados por sua profunda espiritualidade e permeados de tradições locais a serem respeitas e em alguns aspectos purificadas, sem agredir a piedade popular tão presente nas comunidades locais. Além dos trabalhos que se puderam realizar, a reunião foi um momento agradável, de intenso convívio entre os pares presentes, cujo ligame antecede a institucionalização do Conselho.

Em Tanhaçu, a reunião aconteceu no dia 03/02. D. Armando se fez presente comunicando os líderes da comunidade a nova organização do serviço pastoral na paróquia que, a partir do próximo dia 11 ficará sob a coordenação do Pe. Jandir, uma vez que o Pe. Gilberto se dedicará mais diretamente à formação dos seminaristas da teologia em Belo Horizonte. Além disso, convidou os leigos a um empenho maior com a Pastoral do Dízimo, maior atenção à juventude e à família. Na ocasião, ainda, Pe. Jandir apresentou aos presentes a programação mensal de atendimento às comunidades e pastorais.