Retiro espiritual com os catequistas da Paróquia São João Batista de Dom Basílio

 Na última manhã de domingo (03/12/17), a coordenação paroquial de catequese promoveu um retiro espiritual com os catequistas da Paróquia São João Batista de Dom Basílio, ministrado pelo padre Renato Aguiar, em um espaço denominado Canto dos Pássaros, lugar de calmaria onde o silêncio era rompido apenas pela orquestra das aves.
Compreender a denominação daquele ambiente é perceptível assim que se chega ao recinto. As árvores frondosas foram nosso toldo. Ali, sentimos nossa liberdade tocar a pele - “Irmãos, vocês foram chamados para serem livres". (Gl 5, 13). Uma liberdade desprovida de todos os instintos egoístas conforme propõe Paulo aos Gálatas. 
Começamos com abraços e finalizamos com abraços. Nesse gesto, de total entrega ao outro, meditamos a irmandade no qual fomos chamados, mas tão pouco praticados. Somos irmãos: irmãos de fé, de caminhada, de missão. Somos chamados a seguir o projeto de Jesus Cristo. Nesse dia, sobretudo na dinâmica da fé, aprendemos que é possível viver uma sociedade mais humana. Seguindo os conselhos do livro de Tessalonicenses proposto pelo ministrante do dia no cap. 5, v. 17 - “rezem sem cessar”, fomos instigados a uma análise profunda de nossas práticas cotidianas de orações. Ao mesmo tempo indagados sobre os objetivos específicos para isso. 
Nesse espaço de tempo, a passagem do livro de Lucas cap. 6,12-16 foi explorada por todos os catequistas, observando as práticas de Jesus ao que se refere às orações. Enfim, pedimos ao “Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz”. E foi dessa forma que concluímos essa manhã. Desejando ser esse instrumento para levar o amor, o perdão, a união, a fé, a verdade, a esperança. Uma igreja em saída. Afinal, somos discípulos missionários.
Coordenação Paroquial de Catequese
 Dom Basílio, 04 de dezembro de 2017