IV Encontro Vocacional


A Diocese de Livramento de Nossa Senhora realizou neste final de semana (19-21/10) a IV etapa dos Encontros vocacionais, refletindo sobre a vocação à vida consagrada religiosa. Foi uma experiência de profundo crescimento para nossos jovens que tiveram a oportunidade de conhecer a vida dos religiosos e das religiosas que trabalham e ajudam na evangelização de nossa Igreja particular, bem como o carisma e a espiritualidade das congregações que eles(as) pertencem. A origem da vida consagrada religiosa está no seguimento a Jesus Cristo, ela tem um significado muito importante para nossa Igreja, pois observando a total disponibilidade dos consagrados e o testemunho de vida de todos eles, todos os cristãos são convidados a cultivar com mais profundidade o valor da vocação à vida cristã recebida no Batismo. A vida consagrada está alicerçada no Evangelho na perspectiva de colocar toda a vida a serviço do Reino, ela caracteriza-se por um grupo de pessoas que vivem em comunidade, cultivam uma espiritualidade e um carisma específico e exercem alguma missão numa determinada área. Em nossa Diocese temos a presença de cinco Congregações religiosas femininas (Filhas de São Camilo, Congregação Divino Mestre, Fraternidade das Irmãzinhas de Jesus, Missionárias do Santíssimo Sacramento e Maria Imaculada e a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição) e três masculinas (Estigmatinos, Joseleitos de Cristo e Cooperadores Paroquiais de Cristo Rei).      Durante o encontro, a pastoral vocacional buscou apresentar aos jovens a vida consagrada religiosa como um sinal de Deus, mostrando para eles que esta vocação específica é um sinal autêntico da vivência da fé cristã. De fato, uma das características mais importantes da vida consagrada é a vida em comum na qual os religiosos são convidados, como expressou a Irmãzinha Dinorá (Irmãzinha de Jesus), “a traduzir o Evangelho de Jesus”. Todavia, toda congregação religiosa necessita de cultivar no seio de sua comunidade o amor fraterno de Deus, colocando como centro o próprio Cristo, direcionando toda vida ativa e contemplativa para Ele. Além disso, os(as) religiosas(as), como fora dito pelo Pe Gilberto ao falar da teologia da vida religiosa, “precisam fazer uma experiência do conhecimento de Deus, mantendo uma profunda intimidade com Ele”. Ainda salientou que os chamados à vida consagrada são aqueles que vivem radicalmente a regra do Evangelho de Jesus, reconhecendo no irmão, o próprio Cristo. Para isso, existem a prática dos votos de pobreza, castidade e obediência que servem para ajudar na vivência da consagração. Entretanto, é fundamental destacar a vida de oração cultivada na vida religiosa, uma vez que o diálogo com Deus é o combustível da vida cristã. Nesse sentido, Ir Ilma utiliza uma frase da Serva de Deus, Madre Maria Emília Riquelme y Zayas, fundadora da Congregação à qual ela está inserida para expressar a importância da oração na vida dos (as) consagrados (as): “Tem teu olhar e o teu coração sempre fixos em Jesus sacramentado. Ele te ensinará o caminho certo”.     Em suma, o IV Encontro Vocacional foi um momento muito agradável porque proporcionou aos jovens de nossa Diocese a oportunidade de conhecer mais de perto a vida religiosa e encontrar nela inspiração para a caminhada de fé, afinal, a vida religiosa é um convite a todos para viver autenticamente o ser cristão. E para fortalecer nossa espiritualidade, aconteceram muitos momentos de oração, dentre eles é necessário destacar a vigília com o Santíssimo Sacramento exposto na capela, onde os jovens ao longo da noite de sábado (20/10) para o domingo (21/10) entraram em profunda comunhão com Deus através deste inesquecível encontro com Jesus, suplicando-Lhe a graça de realizar um bom discernimento vocacional para responder positivamente ao chamado de Deus e participar ativamente na construção do Reino de Deus, sendo “sal da terra e luz do mundo” (Mt 5, 13-14).  Vejam fotos.
Seminarista Marcos Bento
 Filosofia