Primeiro Debate Eleitoral da História de Livramento


Aconteceu na noite da última Quinta-feira o Primeiro Debate Eleitoral da cidade de Livramento de Nossa Senhora. Foi um acontecimento memorável que trouxe consigo ares de uma sociedade mais consciente e democrática. Este debate foi uma iniciativa da Paróquia de Nossa Senhora do Livramento, na pessoa do Pe. Ademário Ledo, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), representada por Antônio Roberto (Beto). O Evento iniciou-se às 20h, e ocorreu no Auditório do Centro Diocesano, contou com a participação de aproximadamente duzentas pessoas, das quais destacamos o nosso Bispo Dom Armando Bucciol, os padres Ademário Ledo, Jucimar Lima, Renato Aguiar e José Aparecido; representantes da paróquia, membros do CPP (Conselho Pastoral Paroquial); representantes associados à CDL; o Juiz João Lemnos Rodrigues e o Major Macedo; convidados de ambas as coligações; diversos veículos de comunicação de nossa região; além de vários jovens eleitores que ajudaram voluntariamente na organização. O debate pôs frente a frente os dois candidatos à gestão municipal, e foi dividido em quatro blocos, da seguinte forma: No primeiro e no segundo bloco foram sorteadas perguntas, de autoria dos cidadãos de Livramento, que foram recolhidas das urnas que estavam em diferentes pontos da cidade e posteriormente foram selecionadas, dez das perguntas, pela comissão organizadora. A cada rodada um candidato tinha direito a responder uma pergunta, no tempo de dois minutos, ao outro cabia réplica e ao primeiro tréplica. No terceiro bloco foram os próprios candidatos que se questionaram mutuamente, cada um por duas vezes com réplica e tréplica. O quarto bloco foi reservado para as considerações finais. O debate transcorreu de maneira pacífica, embora tensa. Ao final foi proposto aos candidatos que assinassem um termo de compromisso, elaborado pelo CPP, que continha quatro necessidades inerentes a nossa cidade, a saber: A melhoria do transito, a urbanização da lagoa do bairro Estocada, a despoluição da cachoeira e a implantação de um campus universitário. Ambos prefeituráveis assinaram, juntamente com seus vices, o supracitado termo.  Por fim, Dom Armando, nas considerações finais, reafirmou a sua disposição e de toda Igreja em contribuir sempre para o bem de nossa sociedade, principalmente no que diz respeito à dignidade dos mais pobres. O nosso Bispo encerrou o debate com a benção. Confiram fotos.
Kleber Chaves                                                                                                          Daiane Madureira