VII DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO A

Leituras:
    Lv 19,1-2.17-18
    Salmo 102(103)
    1Cor 3,16-23
    Mt 5,38-48

O nosso Bom Mestre e Senhor nos apresenta mais um estreito caminho de santidade e humanização no santo evangelho deste sétimo domingo do tempo comum. Esse domingo é o último dessa primeira parte do tempo comum. Já na próxima quarta-feira, daremos início ao tempo da Quaresma, com a celebração e imposição das cinzas.

O convite da primeira leitura e o final do santo evangelho: “Sede Santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo” e “sede Perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito!” dão o significado dessa celebração e da vida do cristão. Somos todos chamados a sermos, verdadeiramente, a “Imagem e Semelhança do Deus Criador”. Este é, certamente, o ponto alto da fé cristã: sermos imitadores de Cristo, transformar nossa vida, tantas vezes, imersa no pecado e no mundanismo, na vida divina. Quando cada pessoa decide seguir, amorosa e incondicionalmente, a Cristo Jesus, ela entra, naturalmente, em uma lógica que a sabedoria deste mundo não consegue compreender. O caminho do Cristo se dá aos olhos humanos, mas, na maioria das vezes, não o enxergamos. Porém, se prestarmos mais um pouco de atenção, se tivermos coragem, de olhar no mais profundo da humanidade, vamos perceber que a proposta de Jesus, não está na contramão da história. É o próprio ser humano que tantas vezes escolhe caminhar contrário a Deus, verso a Deus. A proposta de Jesus em revogar as máximas dadas aos antigos, nos conduz ao sentido primitivo da lei divina, o amor. Somente vivenciando o amor do Deus Trindade é que nos desapegaremos do “pode ou não pode”, dando assim um passo muito mais desafiador no ser cristão.

A chamada de Jesus vai muito mais além do que um simples cumprir preceitos, ou decorar normas. Ele nos chama a uma religião que se traduza no concreto da vida, no dia-a-dia de toda pessoa. Quando Ele nos diz: "Não enfrenteis... oferece-lhe também a esquerda!... dá-lhe também o manto!... caminha dois com ele!...Amai vossos inimigos..." está nos ensinando a não sermos cristãos de tabelinhas, que segue supostas tradições ao pé da letra, que cumpre preceitos sem os envolver na própria vida. 

A fé cristã, é viva! É a fé do amor! Não pode jamais ser resumida a uma visita a igreja aos domingos. Seguir Jesus Cristo e amá-Lo, pede muito mais a nós. E, por amor, vamos assumindo está dinâmica da verdadeira perfeição. Ser perfeito não é viver sem erros ou cumprir, fielmente, todos os ritos a partir das sagradas rubricas. Ser perfeito é ter a vida Divina como nosso ideal. Querer está sempre mais na companhia do Altíssimo para sermos por Ele moldado, na graça e na perfeição. Devemos todos os dias pedi a Deus esta graça de sermos perfeitos como Ele é! É Ele que “faz o sol nascer sobre os maus e bons, e faz cair a chuva sobre justos e injustos.” Nos dará este presente.

Pe. Gonçalo Aranha dos Santos

CONSELHO PASTORAL PAROQUIAL EM TANHAÇU

No dia 15 de fevereiro aconteceu na Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro mais uma reunião do CPP, a primeira dirigida pelo novo Pároco, o padre Marcos del Magro e pelo padre Egídio Menon, ambos missionários italianos em intercâmbio na diocese.
Participaram diversos representantes de pastorais, movimentos e comunidades rurais. Foi feita apresentação dos presentes a fim de melhor se conhecerem, como também a caminhada da paróquia. Na oportunidade foi trabalhado o tema da Campanha da Fraternidade 2020 - FRATERNIDADE E VIDA: DOM E COMPROMISSO - Viu, sentiu compaixão e  cuidou dele (Lc 10,33-34).

Confira as fotos!

Conselho Pastoral Paroquial em Ibipitanga


No último domingo (16/02), no Centro Pastoral Pe. José Menon, a Paróquia Santa Luzia de Ibipitanga realizou o Conselho Pastoral Paroquial (CPP). Com o tema "O Pilar da Palavra", Pe. Marcos Bento conduziu a formação bíblico-teológica sobre a Bíblia na vida da Igreja e a formação espiritual-pastroal sobre a Iniciação à Vida Cristã e a Animação bíblica da vida e da pastoral. Foi um momento agradável de encontro, reflexão e partilhas. Cada vez mais estamos aperfeiçoando nosso jeito de ser Igreja à luz da Palavra de Deus. Gratidão aos coordenadores das comunidades, pastorais, grupos e movimentos que participaram. 

Veja mais fotos.


PASCOM Santa Luzia 

FEVEREIRO 2020 - III

Dia
Horas
Onde
Atividade
19
Tarde
Casa do Bispo
Atendimento
17.00
Capela Casa do Bispo
Celebração de Crisma
19.30
Casa do Bispo
Encontro Crismandos adultos
20
Manhã
Casa do Bispo
Atendimento
16.00
Comunidade Torta – Tanhaçu
Encontro e confissões Crismandos
21
Manhã
Casa do Bispo - Cúria
Atendimento
Tarde
Casa do Bispo
Atendimento
19.00
Capela casa do Bispo
Casamento
22
Manhã
Casa do Bispo
Atendimento
Tarde
Comunidade Torta – Tanhaçu
S. Missa com Crisma
23
08.00
Colégio Polivalente - Livramento
S. Missa com RCC
Tarde
Paróquia
Visita
24
Manhã
Casa o Bispo
Atendimento
10.00
Capela Casa do Bispo
Casamento
17.30
Casa do Bispo
Encontro crismandos jovens
18.30
Capela Casa do Bispo
S. Missa
25
Manhã
Casa o Bispo
Atendimento
11.00
Colégio Polivalente - Livramento
S. Missa com RCC
Tarde
Comunidade Tangará – Piatã
S. Missa com Crisma
26
Manhã
Casa do Bispo
Atendimento - Confissões
18.00
Catedral
Confissões
19.30
Catedral
S. Missa com bênção e imposição das Cinzas
27
Manhã
Casa do Bispo
Atendimento
15.00
Comunidade Caraibuna - Contendas
S. Missa com Crisma
19.30
Comunid. Ilha Grande - Contendas
28
Até domingo (01/03): Centro diocesano
Conselho Pastoral Diocesano (CPD)
29
19.30
Catedral
S. Missa

Conselho Pastoral Diocesano


CELEBRAÇÃO DA CRISMA EM IBIPITANGA

Na última quinta feira (13-02), ocorreu a Santa Missa da Celebração do Sacramento da Crisma de 23 jovens na Igreja Matriz de Ibipitanga. A Celebração Eucarística foi presidida pelo bispo diocesano Dom Armando Bucciol e co-celebrada pelo Pe. Marcos Bento. O Bispo encorajou os jovens a perseverarem no caminho de Jesus e nos trabalhos pastorais.

Confira aqui mais registros desse momento.

Recomeço das Atividades Formativas


A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas, mesa e área interna
Após um período de férias, no qual tiveram a oportunidade de estarem com a família e descansar,  os seminaristas da etapa do discipulado, Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora das Vitórias, retornaram às  suas atividades no dia 8 de fevereiro do corrente ano. No dia 10, o Instituto de Filosofia Nossa Senhora das Vitórias, também deu início à suas atividades, com aula inaugural ministrada pelo padre Evandro Campos Maria, da Arquidiocese de Belo Horizonte. Na ocasião, o conferencista, refletiu sobre "O Dom da Vocação Sacerdotal na Ration Fundamentalis Institiones Sacerdotalis ".  Além dos discentes, estiveram presentes o Arcebispo de Vitória da Conquista, Dom Josafá Menezes;  Dom Armando Bucciol, Bispo da Diocese de Livramento e padre Roberto Oliveira Silva, administrador apostólico da Diocese de Jequié. Alguns  padres da província também estavam presentes na ocasião. Nesta etapa a diocese de Livramento está com seis seminaristas, Jardel, Mário Víctor e  Pedro Augusto,   cursam o 2°. Anderson, Douglas  e João Batista,  cursam o 3°.


Também na Casa de Formação Dom Hélio Pascoal em Belo Horizonte, as atividades foram iniciadas no ultimo dia 10, com a celebração da Santa Missa presidida pelo formador Pe. Gilberto Santana, dois seminaristas foram acolhidos na etapa da Teologia, José Adriano e Aílton Ribeiro (1º ano) somando aos seminaristas Élcio Bonfim e Pablo Barbosa (4º ano). Os formandos estão otimistas para mais um ano de caminhada, de aprendizado e, sobretudo,  de seguimento de Jesus, o Bom Pastor.