Encontro do Bispo com os padres jovens da Diocese


Nos dias 14 e 15 de maio, o Bispo Diocesano, D. Armando, se encontrou com com os padres mais jovens da Diocese, que possuíam menos de 10 anos de ministério. Também estiveram presentes os seminaristas Júlio e Marcos, que concluíram os estudos e estão em estágio pastoral.

O bispo conduziu o encontro de modo sereno, fomentando momentos de partilha das alegrias e desafios do ministério, orientando a vivência pastoral e promovendo uma convivência fraterna. Lembrou a importância desses momentos para tornar mais rica e sólida a vivência do ministério no mundo atual. Rezemos sempre mais pelos presbíteros da nossa diocese!

Terço dos Homens de Varzinha participa da V Romaria a Bom Jesus da Lapa

No último sábado (11/05), o Movimento Terço dos Homens do Povoado de Varzinha participou da V Romaria Nacional do Terço dos Homens ao Santuário do Bom Jesus da Lapa. A peregrinação contou com a presença de cerca de 4 mil homens de várias estados do Brasil. Na gruta, eles rezaram aos pés do Bom Jesus da Lapa e da Mãe da Soledade. 

O grupo participa desta romaria desde o seu início. É um momento muito prazeroso, no qual aflora ainda mais os laços de amizade e, sobretudo, agrega todos os homens, convidando-os à recitação do Terço Mariano, bem como, seguir os ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo através do seu Evangelho e da Igreja, trazendo, desta forma, os homens para o seio da Igreja, conscientizando-os e motivando-os ao conhecimento espiritual, social e familiar perante a comunidade. 

“Para mim é muito importante esta nossa peregrinação, apesar da distância, do cansaço. Vale muito a pena, me sinto mais rejuvenescido pelo poder deste abençoado lugar” afirma Patryck Saulo, membro atuante do grupo. Após mais uma romaria, o grupo regressa a sua comunidade renovado e disposto a voltar no próximo ano. 

Crianças recebem os Sacramentos da Iniciação Cristã na Comunidade São José de Jussiape

Na última terça-feira, dia 14/05, às 19h30min, na Comunidade São José em Jussiape, o Pe. Gilvânio Cardoso de Almeida presidiu a Celebração Eucarística na capela local, na qual cinco crianças receberam o Sacramento da Eucaristia pela primeira vez e duas receberam o Sacramento do Batismo. As crianças foram acompanhadas durante os encontros de formação pela catequista Celma Leite dos Santos. Na celebração se fez presente um grande número de fiéis da comunidade e de outras comunidades circunvizinhas.



Celebração da Crisma em Vereda

Aconteceu no dia 16/05, às 19:30h, a celebração da Crisma de 6 jovens da comunidade de Vereda, da Paróquia de Nossa Senhora do Livramento.




5º Domingo da Páscoa

Leituras:

At 14, 21-27
Sl 144
Ap 21, 1-5
Jo 13, 31-35

“Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros”

A liturgia deste domingo tem como tema central o amor e nos convida a vivermos os frutos do tempo pascal. Mergulhados no amor de Deus somos impulsionados a vivermos a prática do amor fraterno como mandamento novo. No evangelho, Jesus nos deixa um mandamento como testamento e prática de vida e como verdadeira identidade do discípulo, pois é o amor que identifica os seguidores de Jesus Cristo.

Na primeira leitura, nos é apresentado a missão de Paulo e Barnabé, dois homens cheios de Deus e do amor pela missão, ao mesmo tempo em que anunciavam o evangelho, encorajavam aos demais para permanecerem firmes na fé, pois o verdadeiro discípulo é aquele que suporta os sofrimentos por causa do Reino de Deus sem desanimar, eis que para manter-se firme na fé é imprescindível que o amor seja tão presente quanto o desejo de viver.
A exigência que Jesus faz aos seus discípulos nada mais é do que a prática do amor fraterno. No evangelho deste domingo, podemos destacar no ensinamento de Jesus três direcionamentos aos quais deverão servir de caminho para nós, discípulos seu. O primeiro direcionamento que Jesus nos aponta é a maneira como deveremos nos portar “amai-vos uns aos outros”, e aqui se resume a prática e eficácia da vida de fé, pois de nada adiante dizer que ama a Deus se não é capaz de amar o seu irmão. Seguindo, Jesus nos proporciona o grande exemplo a ser vivenciado no cotidiano “como eu vos amei”, justamente para nos dizer que a prática antecede a missão, ou seja, de nada adiante dizer ao outro o que deve ser feito se antes não experimentarmos na própria vida aquilo que direcionamos aos outros. E por fim, “assim também vós deveis amar-vos uns aos outros”, e aqui, poderemos sentir na própria carne o que Jesus fez ao nos amar por primeiro, visto que não adianta amar apenas o outro, faz-se necessário o amar a si mesmo, pois não podemos oferecer ao outro aquilo que não cultivamos em nosso coração.

Na segunda leitura, na qual João nos apresenta o testemunho profético de que não seremos destinados ao fracasso, mas para uma nova realidade, “um novo céu e uma nova terra”, para onde seremos todos conduzidos como fruto da entrega ao projeto de Deus. Eis que não existe recompensa maior para o discípulo do que morar junto a Deus e ser confortado por Ele diante dessa nova realidade que foi vencida pela Ressurreição de Jesus Cristo e que seremos agraciados com a sua promessa “Eis que faço nova todas as coisas”, assim também seremos novas criaturas revestidos da graça e do amor de Deus.

A catequese que nos é proporcionada neste Tempo Pascal é de grande riqueza e nos conduz numa experiência viva do amor de Deus para conosco, pois na morte e ressurreição de Jesus Cristo fomos agraciados com a vitória da vida sobre a morte, na profissão de fé de Tomé podemos enxergar, não com os olhos do corpo, mas com os olhos do coração, o verdadeiro rosto de Deus, reconhecendo-O não apenas como Senhor mas também como Deus e nessa dupla confissão de fé somos chamados a cada dia a professarmos nossa fé dizendo “meu Senhor e meu Deus eu creio em Vós mas aumentai a minha fé”, e nessa dinâmica do discipulado, também presenciamos na confissão de amor feita por Pedro a verdadeira entrega do discípulo ao seu Mestre, e assim, também nós, possamos nos entregar a Deus como verdadeiros discípulos seus.

Na alegria deste Tempo Pascal, sejamos capazes de viver “o sacramento dos irmãos” na verdade do amor e tornemos assim, frutuoso “o sacramento do pão e do vinho”, visto que a realidade de ambos é a mesma “com o amor que Deus nos amou somos impulsionados a amarmos uns aos outros.

Élcio Bonfim Neves
3º ano de Teologia

Festa de Nossa Senhora de Fátima em Jussiape

Aos treze dias do mês de maio de dois mil e dezenove, na Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde, com júbilo celebrou-se a festa de Nossa Senhora de Fátima. No trezenário foi refletido o tema: sobre o Amor na Família, seguindo as orientações da Carta Pastoral de Dom Armando: A Missão da Família na Sociedade e na Igreja. 

A Missa foi presidida pelo Pe. Gilvânio Cardoso de Almeida às vinte horas na Igreja Matriz Nossa Senhora da Saúde seguida de coroação e procissão pelas ruas da cidade.

Reunião da Pastoral Familiar em Ibicoara


Aconteceu na Paróquia São Bento de Ibicoara a reunião da Pastoral Familiar. O encontro foi animado pelo Pe. Aparecido e marcou a reativação das atividades desse grupo tão importante da Igreja. O encontro também é fruto da Carta Pastoral de D. Armando, cujo foco missionário desse ano de 2019 é a família. 

CELEBRAÇÃO DO DOMINGO DO BOM PASTOR E DIA DAS MÃES NA CATEDRAL

No dia 12 de maio, quarto Domingo da Páscoa, domingo do Bom Pastor e dia das mães, Dom Armando presidiu a Celebração Eucarística das 19:30h, na Catedral de Nossa Senhora do Livramento. Na homilia, o nosso bispo nos convidou a OUVIR a voz de Deus, CONHECER para discernir de quem é a voz que nos fala e SEGUIR a quem nos chamou. São três convites que valem não somente para religiosos e sacerdotes. Vale para todos os que são batizados. Por isso, precisamos aprender a ouvir, discernir e seguir o Bom Pastor. As mães, a exemplo do Cristo Bom Pastor, são verdadeiras pastoras, porque dão a vida, cuidam e se dedicam inteiramente ao serviço de suas famílias e comunidades.
No final da celebração, a Pastoral do dízimo fez homenagens para as mães e ofereceu uma rosa para cada uma. Veja fotos!

Comemoração do dia das mães em Ibitiara


No Domingo, dia 12/05, a Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso de Ibitiara comemorou com alegria o dia das mães. O ato foi organizado pela Pastoral do dízimo e contou com a participação do coral infantil formado por crianças da catequese.

MAIO 2019- I

Dia
Horas
Onde
Atividade
13
Manhã
Casa do Bispo
Atendimento
19.00
Encontro e celebração S. Missa crismados adultos
14
Manhã
Casa do Bispo e Cúria
Atendimento
Tarde
Centro diocesano
Encontro Padres jovens
15
Manhã
Centro diocesano
Encontro Padres jovens
16.30
Casa do Bispo
Atendimento
19.00
Paróquia S. João Batista – Dom Basílio
Encontro pais e padrinhos crismandos
16
Tarde
Casa do Bispo
Atendimento
15.00
Casa do Bispo
Reunião Comissão Econômica diocesana
19.30
Comunidade Vereda - Catedral
S. Missa com Crisma
17
Manhã
Centro diocesano
I Encontro Vocacional
19.00
Paróquia Bom Jesus – Taquari
Encontro Ministros extr. Sagrada Comunhão
18
8:30
Paróquia S.Sacramento - R. Contas
Encontro Conselho Pastoral Paroquial
14:00
Paróquia S. João Batista C. Sincorá
Encontro Casais
19.00
Paróquia S. João Batista – Dom Basílio
S. Missa com Crisma
19
Manhã
Centro diocesano
Encontro com corais da diocese
Tarde
Catedral
Exibição dos Corais e S. Missa